Texto da carta de renúncia Abílio Lucas parte final

Mas não podemos abrir mão de nenhuma

verba parlamentar, pois entendemos em nosso franco

egoísmo ser um direito nosso. E me pergunto, quem

defende os direitos do povo? Não seríamos nós. Mas

na verdade o que acontece é que cada vez mais

aprovamos leis, medidas provisórias, que oprimem e

sufocam a maior parte da população.

A “Coisa” pública não é tratada com o devido

respeito, pois não há o entendimento que ela é de

todos, agimos como se ela não fosse de ninguém e

esse ninguém são milhões de subnutridos, semianalfabetos,

sub-empregados, de banguelas, com suas

bocas vazias e suas vidas destroçadas.

Fazer parte de toda essa conjuntura e sendo

conhecer da realidade popular, pois foi da onde sai,

faz com que esteja impregnado em mim um cheiro de

podridão, do qual acredito que só esta minha ação

poderá me livrar. Pois convivi de muito perto com

todas essas bandalheiras, mas nunca fui um dos

Senhores.

Hoje eu estou aliviado por estar me livrando

dessa corrupção nojenta, dessa ambição desenfreada,

dessa falta de respeito miserável que muitos dos

Senhores têm pelo povo.

Eu estou livre, para junto com o meu povo

lutar contra tudo que alguns Parlamentares

representam. Assim como o povo me pôs aqui, agora

é a hora de ensiná-lo como fazer valer os seus

direitos, e os Senhores podem apostar, eles vão

aprender.

Para começar, vamos exigir em época de

eleição, urnas eletrônicas que emitam a comprovação

do voto com nome, número e partido do candidato. E

quando houver cheiro de corrupção no ar, os Senhores

podem ter certeza de uma coisa, ele vai usar o poder

que possui. E sem gritos, sem arruaça, com uma

simples caneta, o povo seu “Patrão” assinará sua

carta de demissão.

Prestem atenção no que digo, uma nova

geração estará sendo formada, preparada para

verdadeiramente servir ao povo. Não sei se alguns dos

Senhores me deixarão ver isso. Mas com certeza,

muitos dos Senhores verão uma geração de políticos,

com novos valores, com ética verdadeira, com

ideologia, com respeito ao povo. Políticos limpos,

varrendo a sujeira da nossa nação.

Tomo esta decisão em caráter irrevogável ”.

Abílio Lucas da Silva.

Texto Retirado do livro Poder Absoluto. Convido a todos a adquirir e ler esse livro. No link abaixo vocês encontraram a sinopse do livro e onde comprar.

http://www.literaturarodrigues.com/#!publicacoes/cjg9


Posts Recente 
 

 Literatura Rodrigues

 Antonio  Carlos Rodrigues

             &             

Cássia Rodrigues